quinta-feira, 13 de maio de 2010

Eu assumo...

(imagem retirada da net)

...que sou católica praticante.
Nos dias que correm é cada vez mais complicado assumir a fé e a prática religiosa.
A nossa sociedade está cada vez mais laica e agnóstica e quem decide professar uma religião é visto como um tótó (expressão que utilizaram em conversa comigo...).
Já tive momentos em que duvidei da minha fé, duvidei da Igreja Católica, duvidei de mim. Mas a fé é algo inexplicável e inabalável na sua essência quando é verdadeira.
Assumo o que sou, no que acredito. Assumo que faço parte da Igreja viva.
E por isso amanhã vou levantar-me de madrugada e vou assistir à missa que o Papa Bento XVI vai rezar na Avenida dos Aliados.

5 comentários:

Pérola Negra disse...

Eu também sou Católica praticante. Ainda te encontro por lá... ;)

Nat disse...

Talvez te interesse um "debate" a decorrer por aqui...
http://anossavida.pt/forum/crise-para-quem-80milhoes-gastos-com-visita-papa?
Mentes iluminadas precisam-se... :)
Beijinho

Dorushka disse...

Não concordo quando diz que é católica praticante. É católica. Ponto.
Afinal o que é um católico não praticante? Juro que ainda não consegui perceber. Para mim, ou se é, ou não se é.
Eu não sou católica, sou cristã. Não sou católica porque não acredito na Igreja como instituição, sou cristã porque acredito os valores que Cristo pregou. Será isso que chamam de católico não praticante?
Se me souber explicar, eu agradeço.

CITRAG disse...

Dorushka:
É católico quem é baptizado pela Igreja Católica Apostólica Romana.
É cristão quem acredita em Jesus Cristo e segue os seus mandamentos.
Como deve calcular há milhões de pessoas que são católicos.
Eu considero que é católico que é católico praticante quem, além de ser baptizado, pratica a religião religiosa, ou seja, segue os ensinamentos de Jesus Cristo, mas também vai à missa com regularidade e sobretudo rege a sua vida quotidiana pelas directrizes da Igreja Católica.
Se a Dorushka é baptizada, então além de cristã, também é católica. Uma vez que não acredita na Igreja como instituição e, como tal, não segue os seus ensinamentos e directrizes, não vai à missa, etc, então não é praticante...
Se precisar de mais algum esclarecimento, diga!

Dorushka disse...

Devo confessar que não esperava que respondesse, mas agradeço que o tenha feito.
Aquilo que diz não é nada que eu não tivesse já ouvido dizer, mas não concordo.
Sim, sou baptizada. Mas não escolhi sê-lo, foi algo que me foi imposto. E não me considero católica só porque sou baptizada.
Mais uma vez, obrigado pelo esclarecimento.