sábado, 18 de julho de 2009

Karaoke

(imagem retirada da net)

Neste momento os meus vizinhos da frente estão a festejar o 1º aniversário do neto com karaoke em volume bem acima do legalmente permitido. Como nos restantes dias até são bons vizinhos, ainda não me senti impelida a ligar para a polícia.
Antes de começar a escrever este post cantavam, no karaoke: "deixei tudo por ela, deixei, deixei..." agora é: "a mulher magra não me convém, eu não quero andar na rua com os ossos de ninguém...", o que se seguirá?

2 comentários:

Mónica disse...

olá Citrag, talvez o "apita ao comboio" ou "a mula da cooperativa"... Desejo-te paciência.
Bjs
Mónica

Ovinho Estrela(do) disse...

Hummm...

Tony Carreira no Pavilhão Atlântico??

é que eu vivo traumatizada com este... Todos... MAS TODOS os Sábados de manhã... a minha vizinha limpa a casa com este grande sucesso aos berros... Juro.

Suspiro...

beijo!